8 de fev de 2009

Barbara Casini - Nordestina - 2006

Eis aqui uma grande cantora,que até então eu não conhecia;já tinha visto alguns albuns dela na net,mas nunca dei muita importância em baixar.Até que um dia no blog da nosso querida Milu Duarte, encontrei vários albuns dela e baixei. Barbara é uma cantora Italiana mas com o coração totalmente Brasileiro,além de compositora é uma interprete sensacional,ouçam e tirem suas conclusões!

Faixas:
01-Coco do M
02-Conhecer

03-Baiao

04-Ultimo Pau de Arara
05-Vendedor do Caranguejo

06-Xote das Meninas

07-Pipoca Moderna
08-Carreiro Novo
09-Asa Branca

10-Girias do Norte
11-Lamento Sertaneo

12-Frevo Discreto


Barbara Casini - voce, percussioni
Riccardo Bianchi - chitarra

Fausto Beccalossi - fisarmonica

Ruben Chaviano - violino

Francesco Puglisi - basso

Francesco Petreni - batteria

Bárbara cresceu na cidade de Florença, na Itália. Seus pais, italianos tradicionais, pouquíssimas vezes deixaram a cidade de origem. Nos discos da família, predominavam canções tipicamente italianas, muito jazz e música clássica. Quando criança, Bárbara aprendeu a tocar piano e violão. Um pouco mais crescida, lá pelo início dos anos 60, foi contagiada pelo iê-iê-iê dos Beatles, porém não deixava de lado as grandes cantoras de seu país, como Rita Pavone.

A paixão pela bossa-nova aconteceu meio que por acaso, quando chegaram às suas mãos alguns discos com “sons estranhos” vindo da América do Sul. Foi amor à primeira vista, tanto que o ritmo fez Bárbara largar os estudos de psicologia e ingressar de vez na carreira musical. Para se aprimorar ainda mais, começa então uma verdadeira e árdua pesquisa sobre tudo que precisava saber sobre o Brasil, não somente relacionado à música. Até a língua portuguesa fez parte dos estudos. Curiosamente, Bárbara aprendeu o idioma com rara facilidade.

Em 1982, um ano após a morte de Elis Regina, sua grande inspiração, a cantora chega ao Brasil para se aprofundar na cultura do País. Encontra Luiz Gonzaga, conhece o Nordeste, se enche de discos e volta para a Itália como uma expert em música brasileira. Aprende a tocar triângulo e zabumba. Canta maracatu e bumba-meu-boi. Ao todo, Bárbara tem mais de 20 discos gravados, todos inspirados na sonoridade das canções brasileiras. Atualmente dedica-se à tradução de Vidas Secas, de Graciliano Ramos
edica-se à tradução de Vidas Secas, de Graciliano Ramos

4 comentários:

Anônimo disse...

Mais como vc escreve com letra amarela sobre un fundo branco. Porra deixa de bobagen amigo.

Barbara Casini disse...

Obrigada por estar nesste blog, fico feliz que em saber que vcs gostam da minha musica! sò peço pra fazer uma pequena correçao: o musico qua toca baixo eletrico no disco é MARCO SINISCALCO e nao Francesco Puglisi... Um abraço com todo carinho. Barbara

Anônimo disse...

Gostei muito do seu CD Luiza. Uma bossa incrível. Parabens minha cara italiana.

Anônimo disse...

É POSSÍVEL REPOSTAR ESTE DISCO? DESDE JÁ AGRADEÇO.
TARCÍSIO DANTAS - NATAL/RN